Filmes Recentes que Recomendo… Ou Não

Este post é uma resposta a um comentário ao filme Primer que ficou demasiado longa para ser apenas um comentário. Vou falar sobre vários filmes de temas diversos que tenho visto ultimamente e recomendo, outros nem por isso. Serão sobretudo filmes recentes  de 2014 de ação, suspense, comédia, pois estes são alguns dos meus temas favoritos mas também há lugar para filmes antigos pois os bons filmes são intemporais. Espero que este post sirva de ajuda para quem tem gostos semelhantes aos meus e esteja indeciso sobre que filmes ver ou não ver.

Que tal começarmos com um bom anime?

Vi e recomendo os filmes de anime Kara no Kyoukay – The Garden of Sinners, isto é de longe a melhor coisa que vi nas últimas semanas. Antes disso nem conhecia este anime, até que vi um vídeo que incluía uma cena de um dos filmes, o Paradox Spiral e essa única cena fez com que visse todos os filmes que consegui encontrar; embora o vídeo original que vi não fosse este, a cena é esta:

E antes que alguém pense que é um anime de ação, não é, as cenas de luta são poucas mas as que há são do melhor que tenho visto. Um exemplo de como qualidade é melhor do que quantidade. A banda sonora é muito boa também. Para quem quiser procurar os filmes, aqui fica a lista, é importante dizer que eles não seguem a ordem cronológica dos acontecimentos então você pode escolher em que ordem prefere vê-los; o sétimo, por exemplo, é a continuação do segundo. A lista seguinte pode não estar correta mas é a que consegui.

Lista de filmes Kara no Kyoukay – Garden of Sinners:

1 – Overlooking View – Fukan Fukey (2007)
2 – Study in Murder, parte 1 – Sasujin Kosatsu Zen (2007)
3 – Remaining Sense of Pain – Tsukaku Zanryu (2008)
4 – The Hollow Shrine – Garan no Do (2008)
5 – Paradox Spiral – Mujun Rasen (2008)
6 – Oblivion Recording – Bokyaku Rokuon (2008)
6a – Remix, Gate of Seventh Heaven (2009)
7 – Study in Murder, parte 2 – Sasujin Kosatsu Go (2009)
7a – OVA, Boundary of Emptiness (2001) (não vi)
7b – Epilogue
8 – Future Gospel – Mirai Fukuin (2013)
8a – Future Gospel, Extra Chorus (não vi)
(há também um remake em 3D do primeiro filme, não vi)

Outros filmes que tenho visto

Zombeavers (2014), um grupo de jovens vai passar uns dias numa cabana e é atacado por… castores zombies! Tem momentos bem divertidos. Gostei.

If i Stay (2014), fui enganado pelo trailer que me fez pensar ser um filme diferente do que é, afinal é um “chick flick” romântico, menciono-o aqui porque quero aproveitar para recomendar outro com a mesma atriz, a Chloe Grace Moretz, que é o remake de Carrie. Gostei bastante, sobretudo do final pois temia que não fosse tão bom quanto o original mas acabou sendo tão bom quanto ele. Semelhante ao If I Stay num dos aspetos, mas bem melhor, é o da Reese Witherspoon e Mark Ruffalo, Just Like Heaven (2005), no qual as interações entre ambos são bem divertidas e a revelação final muito boa, com direito a levitação e tudo.

Babadook (2014), onde uma família é ameaçada por uma presença sobrenatural e assustadora. Nada de novo aqui, bonzinho para quem gosta do género.

Guardians of the Galaxy (2014), filme bem amalucado, ainda não decidi se gostei ou não… Bom para comer a ver pipocas.

Teenage Mutant Ninja Turtles (2014), mais um para ver a comer pipocas e recordar as tartarugas mutantes. E adolescentes. E ninjas. Gostei.

Merry Friggin Christmas (2014), para recordar Robin Williams. Ficou bem abaixo do esperado. O trailer foi melhor do que o filme. O título também é melhor do que o filme. Não é o filme de Natal  do ano.

Debug (2014), nada de novo aqui. Para um filme passado no espaço recomendo o da Sandra Bullock, Gravity (2013), uma das minhas atrizes favoritas. As cenas dela a flutuar dentro da nave vão ficar na memória por um bom tempo. No youtube há entrevistas interessantes sobre o filme.

Ouija (2014), jovens brincam com um tabuleiro Ouija de espíritos, querendo comunicar com os mortos. Acho que não preciso dizer o que acontece a seguir. Embora previsível, gostei.

Left Behind (2014), Nicholas Cage como piloto de avião. Um fenômeno a princípio inexplicável acontece. Se você costuma ler a bíblia, vai achar interessante.

La cueva (2014), Um grupo de amigos em passeio pelo campo descobre uma gruta e decide explorá-la. Gosto de filmes espanhóis, vêm à memórias os “REC”s, os da série de filmes “Películas para no Dormir”, o “Abre los Ojos”, o “Los Otros” (Nicole Kidman), etc. Este faz lembrar o bom Descent, mas no Cueva os monstros somos nós.

Earth to Echo (2014), um grupo de crianças encontra um engraçado extraterrestre que parece um robot. Nada de mais mas gostei.

Wolves (2014), no meu “radar” apareceram subitamente vários filmes recentes com lobisomens. Também o Werewolf Rising (2014), o Wer (2013), todos aparentemente de baixo orçamento (isto não é um defeito apenas um fato). Talvez o meu favorito destes seja o Wer; no Wolves a situação da mulher em perigo de “violação consentida” era desnecessária. Já que falamos neste tema, recomendo a saga Underwold, com a belíssima Kate Beckinsale; Underworld (2003), Underworld Evolution (2006), Underworld – Rise of the Lycans (2009), Underworld – Awakening (2012), e também a animação Endless War. O quinto filme, Underworld – Next Generation está em produção e deverá estrear em 2015 e nem preciso dizer que.. Mal posso esperar!

Automata (2014), de novo o tema da máquinas versus humanos. Se criarmos robots inteligentes, será que eles vão se voltar contra os humanos? Gostei.

Annabelle (2014), lembra dos filmes com o Chucky, o boneco diabólico assassino? Pois é, o Annabelle tem uma boneca em vez de um boneco mas ficou bem abaixo das expectativas, umas das razões sendo que em nenhum momento a tal boneca se mexeu… Se ignorarmos os momentos onde uma sombra passa em frente da câmara ou em fundo. Em várias cenas a câmara aproxima-se da boneca e eu quase roía as unhas esperando ver a boneca girar a cabeça, pestanejar, ou sair correndo agitando uma faca, mas isto nunca aconteceu. De tal forma que podemos até criar teorias de que os acontecimentos do filme se devem a outra causa qualquer que não a tal de Annabelle. Recomendo (todos) os filmes do Chucky, Child’s Play, sobretudo o primeiro e os da Jennifer Tilly. Child’s Play (1988), Chucky’s Back (1990), Look Who’s Stalking (1991), Bride of Chucky (1998), Seed of Chucky (2004), Curse of Chucky (2013). Neste mais recente, destaque para a menina-atriz que está muito bem, e como curiosidade a presença da filha (?) de Brad Dourif (a mulher em cadeira de rodas), o ator que tem feito a voz de Chucky.

Lets be Cops (2014), dois amigos fazem-se passar por polícias para atrair mulheres (que outra razão poderia ser?) e passam por situações supostamente engraçadas mas eu não ri em nenhum momento. Mais uma fraca desculpa para colocação de produtos da (surpresa!) Apple.

Jinn (2014), achei um pouco confuso e decepcionante, nada empolgante, quase parei de ver a meio.

Extraterrestrial (2014), o nome já diz tudo. Este é um daqueles filmes que se ainda não tivesse sido feito alguém teria de fazer. Tem tudo o que se espera de um filme envolvendo extraterrestres, quem gosta do tema UFO vai gostar deste filme. Raptos de humanos para  experimentação, conspiração do governo, uns poucos que sabem a verdade, e claro, a sonda anal (um “fan service” desnecessário).

The Town That Dreaded Sundown (2014), na verdade já não recordo bem este filme… um assassino do passado aterroriza uma pequena cidade, sobretudo uma jovem mulher. Em vez deste, recomendo os Scream (infelizmente apenas 4), e, para o reverso da moeda, os Scary Movies (5 até ao momento).

E você, que filmes viu e recomenda… ou não?

Bons filmes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.