Como Passar o Teste Psicotécnico

Tradução de espanhol para português, com dicas para o teste psicotécnico, do texto diez consejos para aprobar un test psicotécnico do site iberestudios.com.

10 Conselhos para Passar o Teste Psicotécnico

Os testes psicotécnicos são uma das provas mais habituais nos processos de seleção e nos concursos públicos. Muitas pessoas que têm de passar por um teste psicotécnico sentem-se intimidados e com medo porque não sabem ao certo o que irão encontrar. Para evitar estas situações negativas o Centro de Estudos Financeiros (CEF) preparou um decálogo com uma série de conselhos para que passar os testes psicotécnicos seja “facinho, facinho”.

Do CEF revelam que muito perfis de candidatos são descartados por não terem passado os testes devido a erros de fácil solução. Vamos ver a lista de conselhos que se segue para que isto não aconteça.

Seja ambicioso. O CEF recorda que você está competindo por um posto de trabalho, por isto recomenda que tente obter o máximo resultado possível, e não apenas o mínimo para ser aprovado.

Pratique muito. É possível que a primeira vez que realize um teste psicotécnico se sinta desconcertado. Por isto é recomendado evitar o fator surpresa praticando antes. Segundo o CEF, com a prática os resultados podem melhorar em até 30%.

Confie em si mesmo. Não se dê por vencido antes de começar nem chegue com uma atitude negativa. Controle os seus nervos, relaxe, e avance.

Chegue a tempo, tranquilo e descansado. De nada serve passar a noite acordado  treinando, é melhor dormir o tempo suficiente. Na noite anterior ao teste deve tomar uma ceia ligeira e evitar estimulantes como o álcool, os medicamentos ou o café.

Escute e leia as instruções com atenção. Assegure-se de que as entende corretamente e de que sabe, antes de começar o teste, o que deve fazer.

Dê uma olhada  geral à prova antes de a começar. Com isto, terá uma ideia aproximada da dificuldade, duração e conteúdo. Assim poderá distribuir o seu tempo de maneira correta.

Trabalhe sem distrações nem interrupções. Há um tempo limite por isso não o desperdice. O CEF recomenda que comece a trabalhar assim que receber indicação para isso e que não se distraia. Também não deve desanimar se não conseguir responder todas as perguntas já que estes testes estão pensados para que apenas 3% dos candidatos os consigam terminar.

Se não consegue responder a uma determinada pergunta, deixe-a. Todas as questões têm o mesmo valor, assim não se obsessione em tentar conseguir um ponto que possa fazê-lo perder vários. Se no final tiver tempo, volte a essa pergunta que deixou para trás; se não, deixe-a.

Procure não equivocar-se. Normalmente os erros descontam, assim que se tiver dúvidas é preferível deixar uma pergunta sem responder do que responder ao acaso e errar.

Seja sincero nos questionários de personalidade. Não tente dar uma imagem falsa. Mais, estes questionários costumam ter incorporada uma escala de sinceridade, pelo que, se mentir, isso se notará. Além disso, se não atingiu determinado nível de sinceridade não receberá as restantes respostas e o seu processo de seleção não passará daí.

Se seguir estes conselhos você estará preparado para superar qualquer concurso ou seleção que apareça à sua frente.

Leia também testes lógicos psicotécnicos online .